Início Cultura Carlos do Carmo

Carlos do Carmo

187

Carlos do Carmo, nome artístico de Carlos Manuel de Ascensão do Carmo de Almeida, foi um cantor intérprete de fado e música popular portuguesa. Nasceu a 21 de dezembro de 1939 e faleceu a 1 de janeiro de 2021 com 81 anos, em Lisboa.

Alfredo de Almeida era seu pai, comerciante de livros e posteriormente dono da casa de fados “O Faia”, e Lucília do Carmo, fadista, era sua mãe.

O cantor era poliglota: falava fluentemente português, francês, alemão, italiano, espanhol e inglês.

Em 1962, morreu o seu pai e o fadista ocupou a gerência da casa de fados. “O Faia”, com o passar dos anos, tornou-se uma das casas mais concorridas da capital.

Em 1976, Carlos do Carmo cantou 8 temas no Festival da Canção na RTP. O mais votado pelo público foi Flor de Verde Pinho que, consequentemente, representou Portugal no XXI Festival Eurovisão da Canção.

Alguns dos seus singles foram Lisboa, menina e moça; Duas Lágrimas de Orvalho e No Teu Poema.

Carlos recebeu o Prémio Goya, em 2008, em Espanha e o Grammy Latino, em 2014.

Martim Rodrigues, Mariana Reis e Matilde Pimenta